Caixa começa a pagar abono do PIS a nascidos em novembro com conta no banco

O abono do PIS 2018/2019 (ano-base 2017) começa a ser liberado nesta terça-feira, dia 13 de novembro, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro que têm conta-corrente ou poupança na Caixa Econômica Federal. Os nascidos no mesmo mês que não são clientes daquele banco poderão sacar os recursos diretamente nas agências da CEF, mas somente a partir do dia 20.

Também no dia 20 de novembro, serão liberados os abonos do Pasep para os servidores públicos com números de inscrição 4. Mas, neste caso, o pagamento será feito pelo Banco do Brasil (BB). Confira o calendário abaixo.

Quem tem direito

Tem direito ao abono quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com registro formal e exerceu alguma atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. Mas, se o trabalhador recebeu comissão ou horas extras e, com isso, a renda mensal ultrapassou dois pisos nacionais, o abono não é liberado (mesmo que o salário registrado em carteira seja menor).

Também é preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) entregue ao Ministério do Trabalho, informa o Extra.

Como saber se vai receber

Informações sobre o PIS podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-0207 da Caixa Econômica Federal. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda pelo site www.caixa.gov.br/PIS, clicando em “Consultar pagamento”. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

No caso do Pasep, o servidor público pode solicitar a informação pela central de atendimento do Banco do Brasil (BB), nos seguintes telefones: 4004-0001 e 0800-729-0001.

Para obter mais informações sobre o abono salarial, o trabalhador pode fazer uma consulta pelo site do Ministério do Trabalho (trabalho.gov.br/abono-salarial) ou ligar para 158.

Quantia paga

O valor a receber é proporcional ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou durante um mês no ano passado vai receber 1/12 do salário mínimo (R$ 80), quem trabalhou dois meses receberá 2/12, e assim por diante. Só terá o valor integral do abono (R$ 954) quem trabalhou durante todo o ano-base (2017).

Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis para saque até 28 de junho de 2019.

Como sacar o dinheiro

Quem tem Cartão do Cidadão com senha cadastrada pode se dirigir a uma casa lotérica para sacar o dinheiro. Outras opções de saque são os correspondentes Caixa Aqui ou os terminais de autoatendimento do banco.

Se o trabalhador não recebe o depósito diretamente em conta e não tem o Cartão do Cidadão, o valor pode ser retirado em qualquer agência da Caixa. Basta apresentar um documento de identificação com foto.

Os servidores públicos inscritos no Pasep têm o abono depositado pelo Banco do Brasil (BB).

13/11/2018