Gestantes são transferidas para Maternidade Santa Mônica após reforma

MESM1

Após a reforma e a ampliação, a Maternidade Escola Santa Mônica iniciou na manhã deste sábado (26) a transferir as gestantes que estão internas no Hospital do Açúcar para as instalações da maternidade-escola no bairro do Poço.

De acordo com a assessoria, a maternidade montou uma logística com profissionais administrativos e de saúde, que se dividirão entre a base de saída das pacientes – Hospital do Açúcar, e a recepção das mesmas, na MESM – Poço. Para efetivação da operação, a equipe contará com o suporte do Serviço Móvel de Urgência (SAMU), que fará a transferência das mulheres internas.

Além das pacientes, também serão transferidos todos os equipamentos da maternidade utilizados nesse período em que a maternidade funcionou no Hospital do Açúcar.

UTI Neonatal

Processo de transferência similar ocorrerá também no domingo (27), quando os bebês internos na UTI da MESM, em funcionamento no Hospital Geral do Estado (HGE), serão transferidos para o novo setor construído e equipado para melhor recebê-los. Para esse procedimento, a equipe da maternidade também contará com o suporte do SAMU Neonatal para garantir maior segurança, em virtude do quadro de saúde dos recém-nascidos.

Na segunda-feira (28), a Santa Mônica começa a funcionar exclusivamente em sua sede, no Poço, e a forma de acesso das pacientes será através do Complexo Regulador Assistencial (CORA). O primeiro atendimento deve ser feito pela maternidade de risco habitual, na capital: Hospital Santo Antônio, Maternidade Nossa Senhora Fátima, Nossa Senhora da Guia e Hospital do Açúcar. As gestantes classificadas como de alto risco serão encaminhadas à Santa Mônica ou Hospital Universitário, de acordo com a disponibilidade de leitos e mapa de vinculação de gestantes.

Alagoas 24 Horas