Bandidos invadem residência, estupram mulher e criança e uma delas é morta

ddd

Na madrugada desta quinta-feira (21) na Rua Cerro Azul, Jardim Cometa, por volta das 5 horas, uma família foi vítima de violência extrema.

De acordo com informações de uma das vítimas, um dos bandidos conseguiu invadir a casa pela janela da cozinha, depois abriu a porta para os demais entrarem no imóvel. Uma idosa foi amordaçada e ameaçada com uma faca caso reagisse. Uma criança de 12 anos que estava dormindo em um dos cômodos foi acordada e chamada de princesa por um dos homens. Rosemeire Oliveira de Souza, de 31 anos, que mora em Campo Grande/Mato Grosso, e estava visitando sua família, foi acordada com socos. A sobrinha de 12 anos foi obrigada a tirar a roupa para ser abusada por um dos marginais.

Outro bandido ordenou que Rosemeire, de 31 anos, tirasse a roupa para ser estuprada. Rosemeire tentou reagir e mesmo assim foi abusada e morta. A mulher apresentava várias lesões no crânio. Os ladrões fugiram levando objetos e dinheiro da casa. A avó contou para os policiais que os suspeitos chamaram uns aos outros pelos nomes de Pablo, Douglas e Jeferson. Um dos marginais usava piercing na sobrancelha.

Uma camiseta de cor preta de um dos homens foi deixada na casa e recolhida pela Polícia Civil. Uma ambulância do Samu encaminhou a menina, que foi estuprada, para o pronto socorro do Hospital Universitário, onde passou por exames e recebeu medicamentos. Já o corpo de Rosemeire foi removido do local para o IML de Maringá.

A cena do crime foi toda periciada para ajudar na investigação. O delegado de polícia, Reginaldo Caetano, acionou toda sua equipe para iniciar as buscas para prender os responsáveis. Sarandi registra em menos de uma semana o segundo crime de latrocínio do ano. Neste caso teve o agravante que duas pessoas foram estupradas.

Faca na Caveira