Polícia Civil poderá pedir a prisão preventiva da mãe do pequeno Dyllan

14534635215594

Joayce Soares, mãe do pequeno Dyllan Taylor, de 3 anos, deverá ser intimada a qualquer momento para prestar novo depoimento à Polícia Civil. Ela poderá ser indiciada como coautora do crime e a polícia poderá pedir sua prisão preventiva.

Já o seu companheiro, Meydson Alisson da Silva Leão (22), acusado de ter provocado a morte do enteado Dyllan será transferido nesta sexta-feira (22) para a Casa de Custódia de Arapiraca.

Ele está detido na Central de Polícia após ter sido preso na tarde desta quinta-feira, após laudo emitido pelo IML, confirmando que o pequeno Dyllan foi morto por espancamento e não por morte natural, assim como foi relatado à polícia pelo padrasto e pela mãe do garoto.

Meydson estará realizando exames de corpo e delito ainda pela manhã e sua transferência para a Casa de Custódia deverá acontecer no período da tarde.

AMEAÇAS

Está circulando pelas redes sociais a informação de que Joyce Soares, mãe do pequeno Dyllan Taylor, de 3 anos, teria sofrido ameaças de linchamento durante o velório da criança nesta madrugada.

Há informações de que pessoas com paus e pedras teriam tentado invadir a residência para linchar a jovem, acusada pela população como cúmplice do companheiro na morte do garoto. Nossa equipe de reportagem ainda não teve a confirmação da veracidade dessas informações.

Cada Minuto