Em três anos, quase 13 mil bens de luxo foram comprados em dinheiro vivo no Brasil

As informações são do órgão do Ministério da Fazenda responsável por combater lavagem de dinheiro, o Coaf

iate
Venda de bens de luxo, como embarcações, devem ser comunicadas ao Coaf (Foto: Divulgação)

Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda, registrou 12.986 mil operações de compra de bens de luxo (com carros, aeronaves e embarcações) em dinheiro vivo entre 2013 e 2015. Em 2013, foram 3.589. Em 2014, 4.605 e, em 2015, 4.792. Desde 2012, as concessionárias e outras revendas de bens de luxo são obrigadas a reportar as informações de vendas em espécie ao Coaf.

A compra de bens de luxo com dinheiro não é crime, mas pode ser um indício de lavagem de dinheiro. Assim que chegam ao Coaf, a informações são cruzadas com outras fontes de dados.

Época