CRB supera desfalques e estreia no Alagoano com goleada sobre o Murici

crb
O CRB superou o pouco tempo de treinos, os oito desfalques e as polêmicas antes da estreia no Campeonato Alagoano. O time regatiano entrou no Rei Pelé neste domingo (24) e não deu chances ao Murici, goleando por 5 a 1.
Na próxima rodada, o CRB vai enfrentar o ASA no clássico da rodada, que acontece no Estádio Municipal de Arapiraca. Já o Murici joga em casa, no Estádio José Gomes da Costa contra o Santa Rita.

O JOGO – 1º TEMPO
O jogo começou movimentado, o Murici foi o primeiro a subir para o ataque, mas logo Marcinho foi desarmado.

Depois disso, o CRB tomou as rédeas do jogo e não demorou para criar chances. Aos três minutos, falta na entrada da área e o lateral-esquerdo, que jogava de meia, Diego, mandou com categoria na trave.

Mas, aos cinco minutos de jogo, a torcida regatiana levantou no Rei Pelé. Bocão lançou na área, o jovem Jonata tentou dominar, a bola escapou, enganou a defesa do Murici e sobrou para Lúcio Maranhão, que bateu de primeira e abriu o placar no Rei Pelé.

O gol deixou a partida aberta. O Murici saía para o jogo com mais cuidado e até chegou por duas vezes com Marcinho, parando nas defesas de Júlio César. Por outro lado, o CRB era mais perigoso e quase marca o segundo, quando Flavinho chutou e o goleiro Gil bateu roupa, com a bola sobrando para Jonata, que bateu e parou no goleiro rival.

O CRB continuava melhor, pecava pelo preciosismo, enquanto o Murici apesar de limitado, era aguerrido em campo e tentava contra-atacar. O técnico Mazola Junior por muitas vezes reclamou, mas se acalmou quando o “Galo” ampliou. Diego cobrou escanteio na cabeça de Jonata, que testou para o fundo das redes aos 32 minutos.

O jogo estava dominado pelo CRB, que parecia administrar o resultado na primeira etapa. Mas, na reta final do primeiro tempo, o Murici chegou e diminuiu aos 44 minutos. Tarcísio cruzou na área, a defesa não cortou e a bola sobrou para Marcinho, que teve calma para limpar a defesa e bateu sem chances para Júlio César.
Primeiro tempo encerrado com vitória apertada do CRB por 2 a 1 sobre o Murici.

crb1

2º – TEMPO

Na volta para o segundo tempo à torcida empurrava o CRB para definir o jogo. Logo no primeiro ataque, Lúcio Maranhão tirou três da jogada e foi travado no momento da finalização, com a bola sobrando para Jonata, que tocou com categoria e a bola raspou a trave.

O Murici continuava vivo na partida. Em boa jogada pela direita com Tarcísio, Afonso se antecipou a defesa e emendou um belo chute, para grande defesa de Júlio César que evitou o empate do time alviverde.

O Murici crescia no jogo, o técnico Mazola Junior mexia no CRB. As mudanças surtiram efeito. Primeiro, Diego Jussani que entrou no lugar do contundido Olívio, marcou de falta aos 23 minutos. Aos 27 minutos, Marcelinho, que entrou no lugar de Gleidson Souza, recebeu belo passe de Bocão, estava de frente para o gol, mas ainda teve tempo de dar um drible seco no defensor do Murici e bateu colocado, golaço no Rei Pelé e 4 a 1 para o CRB.

Depois do gol o CRB tinha o controle da partida e resolveu administrar. O Murici seguia buscando diminuir o placar e chegou por duas vezes. Primeiro com Afonso, que invadiu a área e bateu cruzado, o goleiro Júlio César apenas acompanhou. Minutos depois, Paulo Victor tentou duas vezes e foi travado pela defesa.

O jogo se encaminhava para o fim, quando o CRB chegou ao quinto gol. Lúcio Maranhão tocou de calcanhar para Marcelinho, que bateu forte, fechando o placar. 5 a 1.

Jogo encerrado aos 47 minutos com vitória tranquila do CRB por 5 a 1 sobre o Murici.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Alagoano 2016 – 1ª Rodada

CRB 5 x 1 Murici

Estádio Rei Pelé – Maceió, Alagoas

Árbitro: José Ricardo Laranjeira (CBF)

Assistentes: Lennon Mcartney e Esdras Mariano

CRB: Júlio César, Bocão, Audálio, Gabriel e Gleidson Souza (Marcelinho); Olívio (Diego Jussani), Matheus Galdezani, Flavinho e Diego; Jonata (Neto Baiano) e Lúcio Maranhão.

Técnico: Mazola Junior

Murici: Gil, Tarcísio (Patrick), Sinval, Hitalo e Vágner; Nildo (Ivan), Rambo e Paulo Victor; Afonso, Marcinho e Alexsandro.

Técnico: Humberto Santos

Cartões Amarelos: Lúcio Maranhão, Bocão (CRB) – Paulo Victor, Sinval, Rambo (Murici)

Gols: Lúcio Maranhão 5min e Jonata 35min 1ºT, Diego Jussani 23min e Marcelinho 27 e 46min 2ºT (CRB) – Marcinho 44min 1ºT (Murici)

Minuto Esporte