Murici e São José da Laje recebem Centro Integrado de Segurança Pública

Governador autoriza início das obras nesta quinta-feira (30), nos municípios da Zona da Mata de Alagoas; 2º Batalhão também receberá novas viaturas

Obras serão financiadas com recursos do superávit do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas. Divulgação 
Obras serão financiadas com recursos do superávit do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas. Divulgação

O governador Renan Filho dá continuidade, nesta quinta-feira (30), à assinatura de ordens de serviço para implantação de Centros Integrados de Segurança Pública (Cisps) no interior do Estado. Desta vez, os municípios beneficiados serão Murici e São José da Laje, na Zona da Mata alagoana.

O intuito é reforçar a segurança da população e garantir mais eficiência ao trabalho das polícias Militar e Civil, que trabalharão em conjunto. Na ocasião, também será renovada a frota de viaturas do 2º Batalhão, responsável pelo policiamento da região.

Em Murici, a solenidade ocorre a partir das 11h30, no loteamento prefeito Pedro Tenório Raposo. Já em São José da Lage, a autorização para o início dos trabalhos será dada às 14h, no loteamento residencial vereador Aramando Lyra Ferreira da Silva. O secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, também participará das cerimônias.

As ações integram projeto de implantação dos seis primeiros Cisps do interior. Na segunda-feira (27), foi autorizada a construção dos centros de Girau do Ponciano e São José da Tapera. Também houve, na oportunidade, a renovação da frota de viaturas do 3º Batalhão, que cobre o Agreste.

Os próximos municípios contemplados serão Boca da Mata, que terá ordem de serviço assinada na sexta-feira (1º), e Barra de São Miguel, com data de assinatura ainda não definida.

Segurança e acessibilidade

Além de integrar a atuação dos órgãos, o espaço facilitará o acesso da população às autoridades policias, tendo em vista que o atendimento de segurança pública será oferecido em um mesmo lugar, de forma integrada. Os centros também substituirão ambientes de trabalho com estrutura precária, reforçando o compromisso do Governo com a valorização do servidor.

As obras serão financiadas com recursos do superávit do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL). Cada Cisp custará R$ 1.220.000,00. Até o final da gestão, em 2018, 30 unidades integradas das forças policiais do Estado devem ser inauguradas. O investimento total será de R$ 72 milhões.

Gildo Júnior – Agência Alagoas