Em Igaci, mulheres cuidam da saúde e se divertem

Prefeitura lança programa de promoção à saúde da mulher

103011_ext_arquivo
Filhos, família, trabalho, lar. Essa é apenas uma parte da preocupação que a mulher tem durante seu dia. Pensando nisso, a prefeitura de Igaci resolveu facilitar e tornar menos complicada a rotina da mulher, desta feita no que diz respeito a cuidar da sua saúde. A cidade ganha, a partir desta sexta-feira (1º), um importante reforço em relação às ações de promoção à saúde feminina. Trata-se do programa Maratona da Mulher, que vai ser lançado amanhã pela Prefeitura de forma inovadora, prevê melhorias significativas na assistência a este público, a exemplo da ampliação de consultas, exames e de melhorias na infraestrutura dos locais de atendimento.
O prefeito de Igaci, Oliveiro Torres, afirma que o lançamento da Maratona dá sequência ao trabalho desenvolvido para melhorar a assistência na saúde, desta vez com foco nas mulheres, que são suscetíveis a doenças graves caso não tenham um acompanhamento médico adequado. “Após a reestruturação das unidades do Programa Saúde da Família (PSF), estamos agora ampliando a assistência, incluindo as ações de cuidados voltados à mulher, trabalho que com certeza trará melhorias à qualidade de vida das igacienses”, destaca o gestor.
Segundo Torres, a prevenção é o foco do programa e visa melhorar os diversos indicadores de saúde da mulher, principalmente em relação aos cânceres de colo do útero e de mama, cuja ocorrência é frequente na região. “A partir de agora, as mulheres de nossa cidade terão um acompanhamento amplo e adequado, reduzindo a confirmação de casos destas doenças. Esta é uma forma de também incentivá-las aos cuidados necessários, com consultas periódicas que podem evitar problemas graves de saúde “, completa o prefeito.
A Maratona é dividida em 12 passos que serão acompanhados pelas equipes dos PSFs. A cada três ou quatro etapas concluídas, a mulher beneficiada pela iniciativa vai receber kits de cuidados, camisas e kits de temperos para melhorar também o preparo da alimentação no lar. Elas também serão homenageadas com flores, caso estiverem cuidando bem da própria saúde. Ao entrar na Maratona, a mulher receberá uma cartilha explicativa e terá toda orientação da sua equipe de saúde da família. “É uma forma de motivá-las de forma fácil, em apenas 12 passos elas ela conclui sua maratona de saúde “, acrescenta Torres.
Além de melhorias estruturais, como nas salas de exames, a Maratona vai permitir a ampliação das consultas em Ginecologia tiveram em 150% somente em julho e, até o mês de agosto, a ampliação será de 200% na assistência. Exames e consultas especializadas para a saúde da mulher também estão sendo ampliados, reduzindo filas e o tempo de espera para resultados de exames em até 80%.
O programa está sendo coordenado pelo setor de Saúde da Mulher e por um experiente médico cirurgião com especialidade em Ginecologia, o professor Paulo de Tarso. A iniciativa foi iniciada com capacitações para todas as enfermeiras sobre câncer do colo do Útero e a importância do correto exame de citologia. Outro benefício da Maratona é a reorganização de todo fluxo de assistência à mulher, principalmente para os casos suspeitos de câncer onde a paciente terá todo acompanhamento e tratamento monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).
Na avaliação de Aérton Lessa, titular da SMS de Igaci, este é um dos mais importantes programas de saúde já lançados na cidade. “Estamos há 60 dias trabalhando na elaboração desse programa para as mulheres, atendendo a um pedido especial do prefeito Oliveiro Torres, e buscamos melhorar significativamente os indicadores da saúde da mulher, uma vez que ela é a principal frequentadora dos PSFs. Começamos em algumas unidades melhorando a estrutura de atendimento à mulher, e vamos percorrer todo município na zona rural e urbana levando essas melhorias e ampliação de serviços”, diz o secretário.
A coordenadora da saúde da mulher, Júlia Lopes, explica que a Maratona foi construída por profissionais multidisciplinares. “Procuramos elaborar esse programa com a participação de diversos profissionais, entre médicos, enfermeiras, bioquímica, nutricionistas, educadores físicos e outros profissionais. Isto foi necessário para que pudéssemos melhorar toda a cadeia de cuidados com a saúde da mulher. Estamos buscando ampliar as ações preventivas e melhorar o fluxo de atendimento principalmente para os casos de saúde que requerem mais atenção”, diz.
O programa lançado pela Prefeitura prevê, ainda, a melhoria na assistência às gestantes, cuidados com sua saúde bucal, atualizações de vacina, aumento de consultas de pré-natal, prevenção de DSTs e melhoria dos hábitos alimentares.
alagoastempo.com.br