Mototaxista é morto por negar corrida em Maceió

iml
Um mototaxista foi assassinado a tiros, na noite dessa quinta-feira (7), na Rua Ernesto Maranhão, bairro de Jatiúca, na orla de Maceió, depois que se recusou a fazer uma corrida para um suposto cliente.

Segundo informações colhidas por policiais militares do 1º Batalhão, André de Souza Silva, de 32 anos, fazia o transporte de passageiros todos os dias, até as 18 horas.

Quando já havia encerrado o expediente, ele foi visitar parentes próximo à Feirinha da Jatiúca. Foi nessa situação que ele foi abordado pelo suposto cliente que, segundo testemunhas, pediu que André o levasse até o bairro do Jacintinho.

Populares relataram que ouviram quando o mototaxista recusou a corrida, justificando que não trabalhava à noite, por segurança. Ao perceber que o suspeito mexia na cintura, André ainda tentou se afastar às pressas, mas foi atingido por três disparos nas costas.

Familiares informaram aos policiais que André não tinha inimigos, nem passagem pela polícia e trabalhava para manter a família.

O “cliente” usou um revólver calibre 38 para matar o mototaxista e fugiu em seguida.
TNH1