Nova base descentralizada da Samu beneficiará mais de 25 mil moradores em Maceió

Unidade assegura mais celeridade ao atendimento de urgência e emergência a população do bairro do Trapiche

25245ddcd11cf7fc732bbb66ef8e981a_L
O modelo já está em funcionamento em Maceió e qualifica os serviços de saúde público disponibilizados à população alagoana. Ailton Cruz

Levar mais celeridade ao serviço de urgência e emergência, garantindo atendimento de qualidade para os mais de 25 mil moradores do bairro do Trapiche. Apoiado neste compromisso de construir uma nova saúde pública em Alagoas, o governador em exercício, Luciano Barbosa inaugurou, nesta sexta-feira (8), mais uma base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Maceió. O espaço atuará no Complexo Lourenço Vasconcelos, na Avenida Assis Chateaubriand.

A unidade, que já é a terceira implantada na capital alagoana, vai funcionar todos os dias em sistema de 24h. Para auxiliar nesta tarefa, serão disponibilizadas duas equipes profissionais: uma ambulância do tipo Unidade de Suporte Avançado (USA) com direito a médico, enfermeiro, condutor socorrista e técnico de enfermagem e outra Unidade de Suporte Básico (USB), que contará também com dois técnicos de enfermagem e um condutor socorrista.

Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência
Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

O encurtamento de distâncias agregado ao alcance de excelência no socorro aos pacientes foi destacado pelo então governador como elementos determinantes na ampliação e reestruturação da unidade. É aqui que a distribuição das políticas públicas cumpre com o principio de descentralização dos segmentos defendido pelo governo de Alagoas, onde a concepção de planejamento mais abrangente de cada área é essencial.

“Desde o início, o governador Renan Filho tem priorizado os setores da Segurança, Educação e Saúde. Estamos trabalhando de forma integrada para atingir estas metas e a entrega desta base é mais uma prova de que, dentro das nossas possibilidades, o Estado já conquista grandes avanços. A presença do Samu, em especial, traz conforto às famílias e de maneira eficaz, com a presteza e urgência necessária tem prestado um trabalho de competência e qualidade aos alagoanos”, afirmou Luciano Barbosa, governador em exercício.

Além da nova base no Trapiche, Maceió dispõe ainda de mais duas unidades descentralizadas. A primeira atendendo as comunidades da parte alta da cidade, no bairro da Serraria e a segunda voltada para os moradores do Litoral Norte, em Guaxuma. Na região interiorana, a central de Arapiraca trabalha de forma conjunta com as demais 35 unidades distribuídas ao longo do Estado.

Transporte Sanitário

Como mais um investimento na proposta de desafogar as atividades desenvolvidas pelo Samu, o novo serviço de Transporte Sanitário, lançado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), atuará diretamente no atendimento e locomoção de pacientes. O modelo já está em funcionamento em Maceió e qualifica os serviços de saúde público disponibilizados à população alagoana.

Rafaela Pimentel – Agência Alagoas