Alagoas reduz em 65% saldo de dívida com fornecedores no primeiro quadrimestre

Avanço em relação a 2015 faz com que Estado figure entre os três com menores pendências do país

6f2d96e21843592ac982ce77c6b1e6e8_L

Durante o primeiro quadrimestre de 2016, o Estado de Alagoas reduziu para R$ 29,3 milhões seu saldo de dívidas com fornecedores em comparação ao mesmo período de 2015, onde este tipo de dívida ultrapassava os R$ 83,8 milhões.

Na prática, isso significa que enquanto as dívidas com fornecedores ao redor do país em 2016 foram elevadas em 82%, saindo de RS 6,2 bi para R$ 11,4 bilhões, Alagoas seguiu na contramão do aumento e alcançou redução de 65%.

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira (11), pelo jornal Folha de São Paulo, essa redução faz com que Alagoas figure na antepenúltima posição entre as unidades federativas que divulgaram seus Relatórios de Execução Orçamentária (RREO) em relação ao montante da dívida com fornecedores, estando atrás somente dos Estados de São Paulo e Espírito Santo. Confira o ranking no gráfico abaixo.

De acordo com o secretário da Fazenda, George Santoro, a redução neste tipo de pendência se dá pela adoção de critérios de planejamento financeiro e orçamentário para que a gestão melhore sua capacidade de organização das contas públicas.

Ainda segundo Santoro, os R$ 29,3 milhões configurados no primeiro quadrimestre de 2016 representam apenas 1,30% da arrecadação estadual no mesmo período, o que demonstra relevante desempenho durante o difícil período econômico enfrentado pelo país.

Sâmia Laços – Agência Alagoas

11/07/16