Redes sociais são bloqueadas na Turquia

tanques

Após o início do golpe militar em Ancara, na Turquia, as redes sociais foram bloqueadas no país. A informação foi confirmada pelo perfil no Twitter @TurkeyBlocked, que verifica regularmente se o acesso aos sites está interrompido no país. O Instagram e o Vimeo permanecem com acesso permitido. A página ‘Nos Trends Brasil’, que reúne temas mais comentados no Twitter, publicou sobre o bloqueio das redes sociais no país.


Alguns moradores da Turquia ainda relatam conseguir acesso aos sites. No entanto, a página afirma que isso pode ser possível por meio de VPN ou outro serviço de anonimato. A restrição de acesso às redes acontece após muitos internautas turcos publicarem imagens de ocupação militar em marcos importantes de Ankara e de caças voando baixo na cidade. Tanques também foram fotografados no Aeroporto Ataturk de Istambul.

Esta não é a primeira vez que as redes sociais são bloqueadas no país. No mês passado, o Governo respondeu ao ataque terrorista no Aeroporto Ataturk de Istambul impossibilitando o acesso a todas as redes, incluindo o Instagram e o Vimeo. O ataque matou 41 pessoas e feriu mais de 200.

A medida teve como objetivo impedir o compartilhamento de imagens e informações que pudessem gerar pânico na população e impedir a cobertura negativa sobre o país.

EXTRA