Ilmar do BBB 17 diz que será candidato pelo PT

Ex-participante do reality show também comentou sobre vitória de Emilly e disse que não pretende reatar amizade com o ex-namorado dela, Marcos Harter

Um dos cinco finalistas da edição mais recente do Big Brother, o advogado Ilmar Renato Fonseca, o Mamão, disse que estará nas eleições de 2018 no time do Partido dos Trabalhadores (PT). “Sairei candidato. Ainda não sei para qual cargo, vai depender de onde o PT precisar de mim. Claro que saio pelo partido, fico no PT nem que eu seja o último a apagar a luz“, declarou ao site Metrópoles, de Brasília. O próprio ex-BBB compartilhou a entrevista em seu perfil oficial no Facebook.

Mamão está na capital federal para participar de um acampamento organizado pelos movimentos indígena e quilombola, chamado Terra Viva. Ele participou de um almoço no bar Beirute com amigos da juventude do PT, partido ao qual é filiado desde 1995, conforme msn.

“Entrei no programa para ampliar o debate politico, denunciar abusos contra os indígenas e mostrar que você pode, sim, falar de coisas sérias nesses locais”, afirmou.

Questionado sobre a vitória de Emilly, sua inimiga nos últimos dias de programa, voltou a afirmar que a vencedora não merecia tanto apoio do país.

“A vitória dela demonstra que a sociedade precisa pensar melhor em quem quer como ídolo. Como uma pessoa dessa pode ser exemplo para alguém? Não dá para comparar o que ela significou no programa com a Vivian, por exemplo”, comentou.

Sobre Marcos Harter, namorado dela durante o reality que foi eliminado do BBB acusado de infringir a lei Maria da Penha, disse que não pretende reatar a amizade. “Mas tempo é senhor da razão e vai mostrar como se deu tudo.”

23/04/2017