Mãe alegou ter colocado remédio em comida porque filhos estavam incomodando

Filhos de 6, 9 e 14 anos passaram mal no último sábado. Mulher foi hospitalizada.

A mãe suspeita de envenenar três filhos em Benedito Novo, no Vale do Itajaí, confessou no sábado (22) ter colocado medicação na bebida e comida deles. De acordo com o delegado Renan Scandolara, a mulher foi ouvida no hospital onde está internada, após uma tentativa de suicídio.

“O que ela nos passou é que colocou gotas de calmante na comida e bebida das crianças. Ela disse que eles estavam incomodando e queria que eles se acalmassem”, diz o delegado Scandolara sobre o depoimento, afirma o G1.

 O caso ocorreu no fim da tarde de quinta-feira (20) . Conforme o pai, os filhos de 6, 9 e 14 anos se queixaram de náuseas, forte dor de cabeça e chegaram a desmaiar. As crianças foram levadas ao hospital, medicadas e receberam alta na sexta-feira (21).

De acordo com o delegado, a mulher deve responder por tentativa de homicídio. Como não houve flagrante, a prisão só ocorre caso haja entendimento judicial sobre o caso. O inquérito ainda não foi encaminhado à Justiça.

O pai das crianças entregou à polícia uma solicitação para que, após alta, a mãe não se aproxime dos filhos. O delegado pretende enviar a medida cautelar ao Judiciário ainda nesta segunda (24). Os laudos deverão apontar o tipo de substância que foi utilizada.

Crianças desmaiaram

Conforme o pai das crianças contou à polícia, a mãe não socorreu os filhos e chegou a dizer que eles estavam fingido passar mal. Para ele, ela teria dito que colocou remédio tarja preta na bebida dos filhos.

“De repente eles começaram a desmaiar. Desmaiou um, depois o outro, daí mais um de repente. Eu comecei a jogar no banho. Ela não queria saber, uma hora queria até bater neles. Ela falava que isso era invenção deles”, disse o pai à RBS TV.

Ainda no sábado, a madrinha e o pai levaram as crianças para atendimento psicológico. Segundo a Polícia Civil, a guarda dos filhos deve permanecer com o pai.

“Eu não tenho mais força para ajudar ela. Tenho que tentar ajudar meus filhos primeiro. Imagina se der outra crise nela, o que vai fazer com os filhos? Eu não vou deixar eles em risco”, afirmou o pai à RBS TV.

Apenas o filho menor, de 3 anos, não passou mal. Segundo o pai, a mulher toma remédios para depressão e teria ingerido bebida alcoólica.

24/04/2017