Sete dos 15 presos suspeitos de participar de mega-assalto no Paraguai são soltos

Cinco foram libertados pela Justiça Estadual de Foz do Iguaçu e dois pela Justiça Federal de Guaíra. Buscas por envolvidos continua.

Sete dos 15 presos suspeitos de participar do mega-assalto a uma transportadora de valores em Ciudad del Este, no Paraguai, na madrugada de segunda-feira (24), foram liberados. Oito permanecem presos. A informação foi confirmada pela Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira (27).

Cinco que estavam presos em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, e tiveram a liberdade concedida pela Justiça Estadual deixaram a delegacia da PF na noite de quarta-feira (26). Um é de São Paulo, um de Rondônia, um de Cascavel e dois de Foz do Iguaçu.

No dia em que foram presos, estavam com um carro roubado. Eles foram autuados por receptação e soltos por não haver provas suficentes da participação no assalto no Paraguai, confirma o G1.

Outros dois, presos em Guaíra quando tentavam seguir para o Mato Grosso do Sul em um carro blindado, foram libertados pela Justiça Federal e deixaram a prisão na madrugada desta quinta também por falta de provas que os liguem ao assalto, segundo o delegado federal em Guaíra, Valcley Vendramin.

A PF não deu mais detalhes sobre as decisões judiciais que determinaram a saída dos suspeitos. Segundo as investigações, acredita-se que 50 pessoas participaram do crime em Ciudad del Este, na fronteira com o Brasil.

A Polícia Nacional do Paraguai informou inicialmente que os ladrões levaram uma quantia estimada de US$ 40 milhões – o equivalente a R$ 120 milhões. Mais tarde, disse não ser possível precisar o valor roubado. Durante buscas feitas no oeste do Paraná, a polícia brasileira conseguiu recuperar cerca de R$ 4,5 milhões, em notas de real, dólar e guarani.

O Ministério Público do Paraguai determinou que até esta quinta a Prosegur informe o quanto foi roubado.

Veja a lista completa de itens apreendidos até o momento:

15 presos (segundo a PF, sete foram soltos)
3 mortos
7 fuzis
1 pistola
2 coletes balísticos
R$ 219.450,00
G$ 733.640.000,00
US$ 1.275.030,00
2 embarcações
7 quilos de explosivos

27/04/2017