3º BPM apreende armas de fogo e realiza Operação Placidus em Arapiraca

3º BPM apreende armas de fogo e realiza Operação Placidus em Arapiraca

Guarnições pertencentes ao 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram apreensões de armas de fogo, durante a tarde deste domingo (30), no município de Arapiraca. Nas ações, três pessoas foram presas.
A primeira ocorrência foi registrada pelos militares da Força Tática, que durante patrulhamento no Conjunto Brisa do Lago, se depararam com um veículo Toyota/Corola, de cor branca, que ao ser abordado, tentou empreender fuga.
Ao conseguir parar os suspeitos John Lennon Farias Santos, 26 anos; e Patrick Luan Cardoso de Lima Nascimento, 23 anos; os policiais localizaram uma pistola calibre 380, contendo 14 munições intactas, enquanto que o automóvel possuía queixa de roubo.
A dupla foi conduzida para a Central de Polícia, onde foram autuados por Porte Ilegal de Arma de Fogo e Receptação.
Já a equipe do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), estava em rondas na Avenida Ceci Cunha, quando visualizaram um veículo celta em atitude suspeita, que estava sendo guiado por Marcelo Magalhães dos Santos Júnior, 22 anos.
Ao executar a abordagem, foi encontrado um revólver calibre 32, contendo seis munições intactas. O suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia, onde o mesmo foi autuado por Porte Ilegal de Arma de Fogo.
Operação Placidus
Com o intuito de coibir a perturbação do sossego alheio, o comando do 3º BPM realizou a Operação Placidus, durante a noite deste sábado (29), em Arapiraca.
Nas ações, sete estabelecimentos comerciais foram abordados. Vários veículos que estavam com o som ligado de modo a perturbar o sossego, foram notificados por som abusivo. Uma motocicleta foi apreendida em situação irregular, já a Eletrobrás multou e suspendeu o serviço em dois bares.
De acordo com o comandante do Batalhão, tenente-coronel Ênio Bolivar, mais operações desta natureza serão deflagradas em Arapiraca, como também no agreste.
“Visamos combater a perturbação do sossego e devolver a paz e tranquilidade para aqueles que precisam descansar e ficam a mercê dos infratores do crime de som abusivo”, frisou o oficial.
02/05/2017