Diretoria Executiva debate atuação da Unale na gestão 2017/2018

Parlamentares de oito unidades federativas se reuniram na sede da Unale, em Brasília, para a primeira reunião de Diretoria Executiva, da gestão 2017/2018. Entre as pautas debatidas estavam a definição da agenda de trabalho, a atuação das Secretarias Especiais, a prestação de contas da 21ª Conferência Nacional, a defesa da PEC 47/12, a escolha do próximo estado a sediar o evento, entre outros assuntos relevantes para o poder legislativo estadual.

Empossado no último dia 9 de junho, o presidente Luciano Nunes (PSDB-PI) conduziu o encontro e apresentou para deliberação dos demais deputados o plano de ação para o próximo ano. “Acredito que é obrigação da diretoria visitar as 27 Casas Legislativas, para nos fazermos presentes e mostrar o trabalho desenvolvido pela Unale”, discorreu Nunes ao defender a aproximação com as Casas Legislativas, visando a ampliação dos filiados.

“Essas visitas vão demonstrar a importância do trabalho desenvolvido aqui, pois muitos não conhecem ou desacreditam nele”, pontuou a vice-presidente Ivana Bastos (PSD-BA). “As reuniões das Secretarias são um excelente canal para ampliação da atuação da Unale e também para que o público e os próprios parlamentares conheçam a entidade”, reforçou o tesoureiro-geral, deputado Ciro Simoni (PDT-RS).

Foram debatidos outros assuntos como: a ampliação da rede de hotéis –– que será testado nos próximos dois meses; a criação do Unale Previdência –– plano de aposentadoria parlamentar, ainda em discussão; a atualização do estatuto da entidade e a reformulação da comunicação institucional. “A PEC 47 e a previdência precisam ser as bandeiras de atuação da Unale, pois fortalece muito o poder dos estados. Que possamos fazer um requerimento para os líderes dos partidos apoiarem a aprovação desta medida ainda este ano”, defendeu o vice-presidente Rodrigo Delmasso (PODEMOS-DF).

Na parte da comunicação, foi sugerida a diminuição do número de impressos e o investimento na comunicação digital. Para essa atualização, ficou definida a elaboração de um plano de comunicação, a ser proposto e discutido pelos deputados Kennedy Nunes (PSD-SC) e Rodrigo Delmasso, juntamente com a assessoria de comunicação da Unale, nos próximo 30 dias.

Outro tema importante da pauta do dia foi a atualização do estatuto da entidade. Sobre o tema, apoiado pelos parlamentares, Nunes acertou que “para a reformulação, os deputados poderão propor modificações para serem discutidas e votadas na próxima Assembleia Geral”. O conselho ainda aprovou a criação da Secretaria Especial de Agricultura.

Aprimoramento parlamentar
Com o objetivo de ampliar o conhecimento dos colegas parlamentares e a melhoria na condução do mandato, uma das bandeiras levantadas pelo novo presidente é o investimento em capacitação. Já na primeira reunião de trabalho, Nunes trouxe o publicitário, master coach e especialista em marketing político, Levy Brandão, que ministrou palestra sobre a gestão de redes sociais.

Durante sua explanação, Brandão afirmou que a maioria dos políticos brasileiros ainda não sabem como usar as redes sociais e que muitas vezes a visibilidade nesses meios pode ser maior que em uma emissora de televisão. “A imagem na rede social pode te fazer crescer ou te derrubar, pois o alcance é muito maior que em outros veículos. É preciso manter o envolvimento com o público, fidelizá-lo e observar o retorno das postagens. Assim, será possível mapear seu público alvo e expandi-lo”, discorreu o palestrante.

“Qualificando nossos deputados estamos ampliando a atuação dos nossos mandatos e melhorando nossos estados. Acho que as Secretaria são outro meio de fazer esse investimento”, defendeu Nunes.

22ª Conferência Nacional da Unale
Deliberando sobre a próxima Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), a diretoria definiu que o próximo evento deve ser realizado nos dias 23, 24 e 25 de maio, de 2018. Os seis estados que se candidataram para receber o evento, devem encaminhar até o próximo dia 20 de agosto uma proposta detalhada sobre a disponibilidade de sediar o encontro. Até o momento demonstraram interesse: Bahia, Ceará, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Tocantins.

A próxima reunião de diretoria será realizada no dia 30 e 31 de agosto, durante a Expointer, no Rio Grande do Sul. Também participaram da reunião o secretário-geral Diogo Moraes (PSB-PE) e os secretários Jorge Everton (PMDB-RR) e Martinho Carmona (PMDB-PA).

05/07/2017